Minc quer reafirmar municipalismo no RJ em busca da preservação do meio ambiente

Ao participar de um encontro com prefeitos de municípios do Rio de Janeiro, o ministro do Meio Ambiente, Carlos Minc, afirmou na terça-feira (10) que pretende reforçar o que chamou de “linha do municipalismo” na região. O objetivo, segundo ele, é que os municípios fluminenses concorram uns com os outros em busca da preservação do meio ambiente e da qualidade de vida.

Durante a reunião, Minc lembrou que 38 cidades do interior do Rio de Janeiro já possuem licenciamento ambiental e que o estado conta ainda com 16 unidades de parques nacionais. O ministro voltou afirmar que a idéia do governo é investir em corredores ecológicos na região.

O vice-governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando de Souza, o Luiz Fernando Pezão, avaliou que o governo estadual nunca havia tido esse tipo de espaço e que, com a iniciativa, “quem ganha é o país”.

Pezão afirmou, entretanto, que a situação dos aterros de lixo no estado não avançou nos últimos anos e que é preciso investir em consórcios com as prefeituras.

“Perdemos tempo nesses dois anos. O que precisa são os municípios se consorciarem e terem bons projetos. A gente vê as dificuldades ao tocar as obras do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) por falta de projetos”, disse.

Questões como esgoto sanitário, resíduos sólidos, mananciais de abastecimento urbano, Agenda 21 e Agenda Ambiental na Administração Pública (A3P) também foram tratadas durante a reunião. À tarde, os prefeitos devem se unir aos cerca de 3,5 mil gestores municipais eleitos em todo o Brasil para o Encontro dos Novos Prefeitos e Prefeitas, em Brasília. (Fonte: Radiobrás)