Temporão visita quadras de escolas de samba do Rio e faz campanha contra a dengue

O ministro da Saúde, José Gomes Temporão, participou na tarde de sábado (14), no Rio de Janeiro, de ações de mobilização contra a dengue nas quadras das Escolas de Samba Mangueira e Beija-Flor. Segundo Temporão, aproveitar a concentração de membros das comunidades para alertar sobre a importância do combate ao mosquito transmissor da doença é uma estratégia fundamental.

“Aqui no Rio, os principais focos são aqueles que estão dentro de casa. Por isso é fundamental continuarmos informando adequadamente as famílias. E, nesse período de carnaval, as escolas de samba concentram muitos formadores de opinião e a própria comunidade organizada, que pode ajudar muito na mobilização e na disseminação da informação”, disse.

O ministro destacou que esse é o período mais crítico do ano na Região Sudeste, quando os números de casos de dengue costumam aumentar. “Por isso, aproveitamos esse momento para fortalecer as iniciativas”, explicou.

Ele destacou, ainda, que as ocorrências de dengue no Rio de Janeiro em 2009 apontam uma queda de aproximadamente 90% em relação ao mesmo período do ano passado. Segundo informações da Secretaria Estadual de Saúde, foram notificados desde janeiro 567 casos, a maioria na capital. Seis mortes ainda estão sendo investigadas.

Temporão atribuiu esses dados “animadores” à maior integração entre os governos federal, estadual e municipal, além da contribuição popular. “Estamos experimentando uma maior sintonia entre os três níveis de governo e, por isso, trabalhando desde o ano passado com a equipe de transição da nova prefeitura. Além disso, a população está percebendo mais que é preciso transformar mobilização em ação”, ressaltou.

De acordo com o ministro da Saúde, os locais que mais preocupam as autoridades por apresentarem números elevados de casos são: Rio Branco, no Acre; Jequié e Ilhéus, na Bahia; a região da Grande Belo Horizonte, em Minas Gerais; além de Vitória e Vila Velha, no Espírito Santo.

Temporão lembrou, ainda, que o ministério está investindo R$ 1 bilhão em estratégias de combate à dengue em todo o país no biênio 2008-2009. (Fonte: Thais Leitão/ Agência Brasil)