Retomar exercícios após os 50 anos é tão benéfico quanto largar fumo

Retomar uma atividade física regular após os 50 anos de idade é tão benéfico para um homem quanto parar de fumar, segundo um estudo sueco publicado nesta sexta-feira (6) pelo “British Medical Journal” (BMJ).

Após dez anos, a expectativa de vida dos homens que voltaram a praticar uma atividade física após os 50 anos era similar à dos que sempre praticaram uma atividade física, revelou o estudo, realizado a partir de 1970 com 2.205 homens, por pesquisadores da universidade sueca de Uppsala (perto de Estocolomo).

Os especialistas ressaltaram, porém, que é preciso praticar uma atividade física intensa e regular durante 5 ou 10 anos antes de sentir os efeitos positivos do exercício.

“Uma atividade física crescente para os homens de idade madura provoca a longo prazo uma redução da mortalidade ao mesmo nível da dos homens que tiveram uma atividade física constante. Essa redução é comparável à obtida quando uma pessoa para de fumar”, concluiu a pesquisa.

De um modo geral, a mortalidade era 32% menos recorrente entre as pessoas que faziam bastante exercício do que entre as pessoas que faziam pouco, e 22% menor entre os que faziam uma atividade física moderada.

Os homens que participaram do estudo, divididos em quatro grupos (sedentários, atividade reduzida, atividade moderada e atividade intensa) tinham aproximadamente 50 anos em 1970, e foram acompanhados aos 60 anos, 70 anos, 77 anos e 82 anos.

Aproximadamente a metade dos homens ocidentais de idade avançada não pratica atividade física regularmente, lembrou o estudo. (Fonte: Folha Online)