RS aumenta número de cidades em área de risco de febre amarela

O Centro Estadual de Vigilância em Saúde, do Rio Grande do Sul, aumentou de 141 para 158 o número de municípios localizados em área de risco da febre amarela. Segundo nota do governo gaúcho, isso aconteceu porque houve registro de morte de bugios por febre amarela em Lagoa Vermelha e Vila Nova do Sul.

As 17 cidades incluídas são Esmeralda, Guabiju, Muitos Capões, São Jorge, André da Rocha, Barracão, Capão Bonito do Sul, Caseiros, Ibiaçá, Ibiraiaras, Lagoa Vermelha, Sananduva, Santo Expedito do Sul, Lavras do Sul, Santa Margarida do Sul, Vila Nova do Sul e Tupanci do Sul. (Fonte: G1)