França e Brasil vão instalar centro de pesquisa no Parque do Tumucumaque

O Parque Nacional Montanhas do Tumucumaque, no Amapá, vai ganhar um centro de pesquisas da biodiversidade. Acordo firmado entre o Brasil e a França, durante visita do presidente Nicolas Sarkozy em dezembro de 2008, deverá resultar na criação do Centro Franco-Brasileiro de Biodiversidade Amazônica, a Universidade da Amazônia. Na quarta-feira (18), no Palácio do Itamaraty, foi a primeira reunião do grupo interministerial brasileiro para definir a equipe que vai formatar o modelo da instituição bilateral.

Além de formar especialistas em biodiversidade amazônica, o centro franco-brasileiro vai possibilitar o desenvolvimento das pesquisas de recursos genéticos do bioma e o acesso aos conhecimentos tradicionais e o desenvolvimento de produtos. O acordo prevê que parte dos benefícios gerados pelas pesquisas vai beneficiar os povos da floresta, assegurando a repartição justa e eqüitativa dos resultados econômicos produzidos.

Na reunião os ministros do Meio Ambiente, Carlos Minc, da Educação, Fernando Haddad, da Ciência e Tecnologia, Sérgio Rezende, e das Relações Exteriores, Celso Amorim, definiram os membros do grupo de trabalho interministerial que vai desenvolver a criação do Centro, que ficará sob a coordenação do Ministério da Ciência e Tecnologia. A próxima reunião do GTI será em abril, em data a ser acertada, para fechar as propostas das etapas seguintes, como a definição do local onde o centro deverá ser instalado.

O Parque Nacional Montanhas do Tumucumaque, criado em 2002, é a maior unidade de conservação de floresta tropical do mundo e rica em biodiversidade. Situado no Amapá, com uma pequena porção no Pará, a unidade de conservação tem uma área de 3,8 milhões de hectares, com morros do tipo pão de açúcar que se destacam na paisagem.

O Tumucumaque possui uma fauna que vai da onça-pintada ao beija-flor-brilho-de-fogo. Espécies importantes como as aves joão-rabudo e o papa-moscas também podem ser encontradas no parque. Entre os primatas se destacam o macaco-de-cheiro, o macaco-prego, o cuxiú, o parauaçu, o guariba e o macaco-aranha. O parque faz fronteira com as florestas da Guiana-Francesa. (Fonte: MMA)

Esta entrada foi escrita emClipping e tags
Ambientebrasil - Notícias located at 511/67 Huynh Van Banh , Ho Chi Minh, VN . Reviewed by 43 customers rated: 4 / 5