Criado GT para garantir aquecimento solar de água nas casas do PAC

O Ministério do Meio Ambiente instituiu o Grupo de Trabalho que vai definir os critérios de instalação de equipamentos de aquecimento solar de água nas casas do programa Minha Casa Minha Vida, o PAC da habitação, que deverá construir 1 milhão de moradias para populações de baixa renda.

O menor impacto ambiental e a menor degradação dos recursos naturais, com a redução das emissões de gases de efeito estufa são os benefícios imediatos da substituição de chuveiro elétricos, comumente apontados como vilões também do consumo doméstico de eletricidade, o que acaba contribuindo para a demanda por construção de novas hidrelétricas.

O aquecimento solar térmico nas casas do programa habitacional foi proposto pelo MMA há seis meses e deverá contemplar inicialmente as regiões sul, sudeste e centro-oeste, de acordo com a demanda. Até o final de agosto, o GT pretende ouvir representantes do setor da construção civil, para definir a melhor forma de integrar o sistema às construções das casa populares.

Além de entregar o equipamento instalado, o programa deverá promover a capacitação das populações beneficiadas para manutenção e limpeza dos aquecedores, além encontrar a melhor solução para a minimização do impacto dos custos do sistema no preço final de cada unidade.

O GT tem 15 meses, a partir da publicação no Diário Oficial (22) para apresentar plano de trabalho e, após a sua implementação, deverá avaliar os resultados obtidos na execução das medidas planejadas, conforme cronograma a ser aprovado, apresentando relatórios dos resultados e sugestões para novas etapas.

Terão acento no grupo, além dos ministérios do Meio Ambiente, Cidades, Minas e Energia, a Caixa Econômica Federal, o Inmetro e Centro Brasileiro para o Desenvolvimento da Energia Solar Térmica (Grenn), da Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais. A Associação Brasileira de Refrigeração (Abrava) e a Agência Alemã de Cooperação Técnica (GTZ) atuarão como convidadas, podendo, ainda, serem convocados outros setores, a exemplo da construção civil. (Fonte: MMA)