Carta de fórum pede que desmatamento evitado seja lucrativo

O Fórum Amazônia Sustentável, que congrega 168 organizações da sociedade civil e empresas do país, entregou na segunda-feira (3) ao governo uma carta de princípios com sugestões para a proposta brasileira dos mecanismos de REDD (sigla inglesa para redução de emissões por desmatamento e degradação florestal).

As ações de REDD podem ser um elemento importante para o Brasil e outros países que enfrentam o desflorestamento nas negociações sobre um futuro tratado mundial de clima, que ocorre em dezembro em Copenhague.

Os mecanismos de REDD preveem que a redução do desmatamento contaria como diminuição das emissões de gases causadores do aquecimento global. No caso brasileiro, a derrubada da floresta responde por quase metade dessas emissões.

As sugestões do fórum incluem compensações financeiras para que as populações tradicionais da Amazônia sejam incentivadas a colaborar com as ações de REDD. O documento também defende que essas compensações sejam mais atraentes economicamente do que o desmatamento. (Fonte: Folha Online)