Polícia detém 200 militantes durante a conferência do clima em Copenhague

A polícia de Copenhague, capital da Dinamarca prendeu mais de 200 ativistas neste domingo (13), no segundo dia de protestos de rua à margem da conferência da ONU sobre o clima, que ocorre na cidade.

Os policiais detiveram uma marcha não-autorizada que ia rumo ao porto da capital dinamarquesa, disse o porta-voz Steen Munch.

Eles foram cercados por policiais de choque e detidos.

Segundo a polícia, o objetivo do grupo era “interromper a atividade comercial de grandes companhias poluidoras” no porto. Com os ativistas, foram econtrados projéteis, máscaras de gás e “outros objetos de uso ilegal”, informou a polícia.

Organizada pelo grupo Climate Collective, a mobilização foi convocada sob o lema “Hit the Production” (ataque a produção, em uma tradução livre).

Sábado – Na véspera, mais de 900 manifestantes haviam sido presos após confrontos e depredações no centro da cidade, segundo a polícia. Apenas 16 continuavam sob custódia neste domingo.

Em paralelo a isso, cerca de 40 mil pessoas participaram de manifestações pacíficas próximo ao centro suburbano onde ocorre a conferência.

Neste domingo, o encontro teve um dia de folga, dedicado a encontros informais entre ministros do Meio Ambiente de cerca de 40 países. (Fonte: G1)

Esta entrada foi escrita emClipping e tags
Ambientebrasil - Notícias located at 511/67 Huynh Van Banh , Ho Chi Minh, VN . Reviewed by 43 customers rated: 4 / 5