Costa Rica fecha clínica que oferece tratamentos com células-tronco

O governo da Costa Rica fechou uma clínica privada que oferecia tratamentos baseados em células troncos. Segundo o governo, não havia prova de que os tratamentos funcionavam.

Médicos na clínica Cell Medicine, na capital, São José, extraíam células-tronco de medula óssea e as reinjetavam no paciente. O procedimento era usado para o tratamento de várias doenças, incluindo diabetes e lesões na espinha.

Os tratamentos podiam custar até US$ 30 mil, e muitos pacientes vinham dos EUA.

A organização International Society of Stem Cell Research, em Illinois (EUA), tem advertido pacientes para esse tipo de “turismo de células-tronco”. Apesar disso, muitas terapias de eficácia não comprovada continuam sendo oferecidas ao redor do globo. (Fonte: Folha.com)