Coreia do Sul encontra possível destroço de foguete

Um navio da Marinha coreana encontrou nesta sexta-feira (11) o que se acredita ser destroços do foguete que explodiu ontem logo após a decolagem.

O foguete Naro-1, que levava um satélite de observação para estudar mudanças climáticas, explodiu 137 segundos após a decolagem e pode ter caído a cerca de 470 quilômetros ao sul do local de lançamento.

A Marinha deve entregar as peças recuperadas ao Instituto de Pesquisas Aeroespaciais da Coreia.

A Rússia deve unir esforços com a Coreia do Sul na busca de mais fragmentos. O primeiro estágio do foguete foi construído na Rússia, e o segundo, na Coreia.

Os dois países pretendem formar um comitê para determinar as casas do acidente.

Falhas anteriores – Em princípio estava previsto que o Naro-1 fosse lançado na quarta, mas a decolagem teve que ser adiada devido a um problema no sistema de prevenção de incêndios na plataforma de lançamento.

Em agosto do ano passado, a Coreia já havia tentado pôr em órbita um satélite com seu primeiro foguete de fabricação própria, mas o aparelho não chegou a entrar em órbita.

Os especialistas consideraram que o teste de 2009 teve êxito parcial, já que o foguete, fabricado em colaboração com a Rússia, funcionou sem problemas.

A Coreia do Sul quer se tornar o décimo país no mundo a lançar satélites com foguetes de fabricação (parcialmente) própria. (Fonte: Folha.com)