Descoberto hominídeo bípede mais antigo que Lucy

Cientistas dos Estados Unidos parecem ter encontrado um dos ancestrais mais antigos do fóssil Lucy, o primeiro e mais famoso exemplar descoberto de hominídeo que caminhava ereto.

As partes de esqueleto encontradas são de um indivíduo da mesma espécie de Lucy, um Australopithecus afarensis. Ele é, porém, 400 mil anos mais velho que Lucy, datado de aproximadamente 3,6 milhões de anos. A descoberta foi feita na Depressão de Afar, na Etiópia.

Ele tinha 1,5 metros de altura. Era, portanto, 50 centímetros maior que Lucy. Foi chamado de “Kadanuumuu”, que significa “homem grande” na língua Afar. “Esse individuo era bípede e tinha habilidade de andar como homens modernos”, disse o autor do estudo, Yohannes Haile-Selassie, do Museu Cleveland de História Natural. Desde a descoberta de Lucy, vários outros Australopithecus afarensis foram encontrados.

A descoberta será divulgada na edição de terça-feira (22) da Proceedings of the National Academy of Sciences. (Fonte: Folha.com)