Juiz suspende moratória a perfuração no golfo do México

Um juiz federal em Nova Orleans, nos EUA, suspendeu a moratória de seis meses sobre a perfuração de poços no golfo do México. A moratória foi imposta pelo governo do presidente Barack Obama em resposta ao vazamento de óleo que assola a região desde abril.

O juiz Martin Feldman derrubou a proibição após empresas de serviços para plataformas entrarem com uma petição alegando que milhares de empregos seriam afetados pela medida do governo.

O governo havia suspendido a aprovação de novas licenças para a perfuração de novos poços em águas profundas e para a continuação dos trabalhos em 33 poços já em andamento.

Feldman afirma em sua decisão que o Departamento do Interior não forneceu uma argumentação adequada para a proibição. Segundo Feldman, o governo assumiu que, porque uma plataforma apresentou problemas, todas as empresas e plataformas também apresentariam problemas. (Fonte: Folha.com)