Funasa inaugura centro de controle da qualidade da água usada por municípios do estado do Rio

A Fundação Nacional da Saúde (Funasa), em parceria com o governo do estado do Rio de Janeiro, inaugurou nesta terça-feira (22) um centro de análises e estudos do controle da qualidade da água em Casimiro de Abreu, município da região serrana. A Unidade Regional de Controle da Qualidade de Água (Urcqa) é uma alternativa para melhorar o atendimento à população devido a falta de estrutura na região para ações de proteção ambiental. Além do controle do saneamento básico, a entidade pretende fazer do Urcqa uma unidade de referência para estudos ambientais.

São quatro laboratórios – de hidrologia, de espectrofotometria de absorção atômica, físicoquímico e bacteriológico. O complexo também contará com um laboratório móvel. A Funasa investiu R$ 1,2 milhão na construção desse complexo. Inicialmente, 16 municípios das regiões norte, serrana e baixada litorânea, abrangendo aproximadamente 900 mil habitantes, serão atendidos.

Segundo o engenheiro sanitarista Marcos Muffareg, coordenador regional da Funasa no Rio, a unidade vai cooperar com os municípios na vigilância da qualidade da água para o consumo humano, cuidado que pode evitar diarreia, hepatite A, cólera, entre outras doenças.

“Além do monitoramento, a unidade terá a função de capacitação de técnicos dos municípios e do governo do estado. Queremos trabalhar com universidades e centros de formação para ampliar o número de técnicos que trabalham com o controle de qualidade de água”, disse Muffareg.

O coordenador da Funasa oferece o espaço dos laboratórios e do Centro de Capacitação em Saneamento (Cecap) implantado no complexo para a atuação de universidades em pesquisas. “A Fundação Oswaldo Cruz já acenou com a possibilidade de usar os laboratórios e espera-se que a partir da inauguração surjam mais instituições interessadas. O complexo já tem instalados mais de 80% dos equipamentos previstos”, disse. (Fonte: Agência Brasil)