Níveis de metais tóxicos ameaçam baleias, diz relatório

Cientistas americanos encontraram altos níveis de metais tóxicos, informa um relatório divulgado nesta quinta-feira (24).

Os pesquisadores passaram cinco anos colhendo amostras de cerca de mil baleias cachalote.

Os níveis encontrados de cádmio, alumínio, cromo, chumbo, prata, mercúrio e titânio podem afetar a saúde tanto da vida marinha quanto das pessoas que consomem frutos do mar.

Análises das células de cachalotes mostraram que a poluição está atingindo todos os cantos dos oceanos, das regiões polares às equatoriais, disse o biólogo Roger Payne, presidente da Ocean Alliance, organização que realiza pesquisas sobre a vida marinha e responsável pelo estudo.

Payne, 75, é mundialmente conhecido por suas gravações de músicas de baleias-jubarte em 1968 e sua descoberta que baleias podem se comunicar a longas distâncias.

Os contaminantes podem ter sido levados ao contato com baleias pelo vento ou correntes marinhas. “A maior surpresa foi cromo”, disse Payne.

O elemento, resistente a corrosão, é usado na produção de aço inoxidável e tintas e pode causar câncer de pulmão. (Fonte: Folha.com)