Satélite americano deverá monitorar lixo espacial

Um novo satélite da Força Aérea americana deve monitorar centenas de satélites e milhares de fragmentos espaciais que poderiam atingir aparelhos americanos em órbita ao redor da Terra.

O satélite americano, que custou US$ 500 milhões e foi construído pela empresa Ball Aerospace & Technologies, de Boulder, Colorado, deverá ser lançado quinta-feira (8) da base Vandenberg na Califórnia.

Política espacial – A Casa Branca havia anunciado no início da semana planos para compartilhar mais informação com outros países e financiar pesquisas numa tentativa de evitar colisões de satélites e desenvolver novos métodos de limpeza de lixo espacial.

Políticas espaciais anteriores também lidaram com a questão do lixo espacial, mas o governo do presidente Barack Obama adicionou ao plano a busca por novas tecnologias para a remoção de fragmentos já em órbita, tecnologias como o uso de feixes de laser. (Fonte: Folha.com)