Mato Grosso é o primeiro em queimadas

Mato Grosso está no topo do ranking do número de focos de calor registrados neste ano em todo o país.  Do total de 54.799 focos no Brasil, 14.064 foram notificados em Mato Grosso, mais do que o dobro do segundo colocado, São Paulo, que teve 6.917. Em terceiro lugar vem Tocantins, com 5.589 focos de calor.  Os dados são do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe).

A preocupação com o número de queimadas neste ano deve ser reforçada porque as temperaturas estarão mais altas do que o normal durante os meses de junho, julho e agosto.  O Sistema de Proteção da Amazônia prevê que as chuvas serão mais escassas durante este ano.

A Secretaria Estadual de Meio Ambiente não definiu quando começa o período proibitivo de queimadas.  A previsão anterior era de 15 de julho a 15 de setembro, mas o clima cada vez mais seco e o aumento significativo no número de queimadas fizeram com que o Comitê Estadual de Gestão do Fogo pedisse a antecipação do início do período proibitivo em pelo menos alguns dias.  O governador ainda não definiu se aceita ou não a proposta.

Ontem a Defesa Civil emitiu alerta para a baixa umidade do ar, que deve continuar abaixo dos 30% nos próximos dias – o índice ideal é pelo menos 60%. (Fonte: Diário de Cuiabá/MT)