Setores de saúde e educação em SP recebem vacina contra H1N1 até sexta

A campanha de imunização contra a Influenza A (H1N1) para profissionais de saúde e educação termina nesta sexta-feira (16), segundo informou a Secretaria de Estado de Saúde de São Paulo nesta terça-feira (13).

Cerca de 500 mil médicos, dentistas, fisioterapeutas, merendeiras, inspetores e professores de escola terão acesso à vacina, voltada para pessoas a partir de 40 anos. A faixa etária não era grupo prioritário durante a iniciativa.

Para receber a imunização, é necessário procurar posto de saúde e apresentar documento pessoal com foto e um comprovante de trabalho como o holerite.

Cerca de 800 mil funcionários da área de saúde que mantêm contato direto com pacientes já haviam sido vacinados.

A imunização contra a nova gripe para grupos prioritários definidos pelo Ministério da Saúde foi encerrada no dia 30 de junho. Só no Estado de São Paulo, mais de 20 milhões de pessoas receberam a vacina.

Uma segunda dose foi oferecida para crianças entre 6 meses e 4 anos ou para aquelas entre 11 meses e 8 anos com doenças crônicas. A vacina é contra-indicada para alérgicos a ovo de galinha. (Fonte: G1)