Mancha verde toma conta de lagoas na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro

As lagoas da região da Barra da Tijuca e de Jacarepaguá, na Zona Oeste do Rio, estão com uma mancha esverdeada. A água tem acúmulo de algas, que se alimentam de esgoto em vários pontos. Um problema que ocorreu no início de julho e que volta a se repetir.

A Cedae informou que a fiscalização das estações de tratamento cabe ao Instituto estadual do Ambiente (Inea). Já o instituto disse que monitora semanalmente a qualidade da água das lagoas, e que a poluição por esgoto se deve à ocupação desordenada das margens da lagoa.

O Inea disse ainda que o problema deve ser resolvido a longo prazo com a implantação da rede coletora de esgoto e do emissário da Barra da Tijuca. No final da tarde desta quarta-feira (28), o Inea vai mandar técnicos para fazer uma nova avaliação.

A Subprefeitura da Barra da Tijuca informou que faz a demolição de construções irregulares na região, inclusive às margens das lagoas. (Fonte: G1)