Mais de 180 países celebram o dia das soluções climáticas

Milhares de pessoas em todo mundo participaram neste domingo (10) do “Dia Internacional das Soluções Climáticas”, deixando de sair de carro, recolhendo lixo e plantando árvores para sensibilizar o planeta contra o efeito estufa. Batizado de “10/10/10”, o evento organizado pela ONG “350.org” pretende ser o dia mais longo de ações cívicas em defesa do clima, por meio de 7.347 manifestações anunciadas em 188 países.

“Os únicos países que não participam são Guiné Equatorial, San Marino e Coreia do Norte. Trata-se do dia de ações em defesa do meio ambiente mais seguido no mundo”, declarou o fundador da “350.org”, Bill McKibben. “Pelo o que eu sei, é o dia de compromisso cívico que envolve o maior número de países na história do planeta”, afirmou.

No Brasil, o Festival SWU Music and Arts, que acontece no interior de São Paulo, promove o “Fórum Global de Sustentabilidade” para debater com o público soluções para tornar o mundo mais sustentável.

O número “350” é uma alusão à concentração de CO2 na atmosfera: 350 partes por milhão (ppm), uma quantidade que não se pode ultrapassar para evitar uma alta incontrolável da temperatura, segundo alguns cientistas. O “Dia Internacional de Soluções Climáticas” teve início na Austrália e na Nova Zelândia, e depois se prolongou pelo continente asiático, antes de chegar à Europa, África e América.

Em Nova York, os voluntários se dedicaram a pintar de branco os telhados da cidade, uma cor que favorece a absorção dos raios solares. A cor preta, muito utilizada na cidade, faz moradias se aquecerem muito e usarem mais ar condicionado nos meses quentes. Em todos os Estados Unidos foram realizadas ações como plantar árvores e recolher lixo, passando por reuniões de conscientização organizadas por grupos ambientalistas. (Fonte: G1)