Oito bairros do Rio estão com epidemia de dengue

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, Pedra de Guaratiba, Barra de Guaratiba, Vargem Grande, Jardim Sulacap, Anil e Sepetiba (zona oeste), Bonsucesso e Guadalupe (zona norte), estão com índices de casos de dengue que indicam surto ou epidemia.

As taxas de incidência de dengue nesses oito bairros – indicados em vermelho no mapa abaixo – alcançaram patamar acima de 300 casos a cada 100 mil habitantes, índice utilizado pela prefeitura do Rio para configurar como surto da doença ou epidemia.

Como os oito bairros citados possuem menos de 100 mil habitantes, as taxas, mesmo projetadas com base em cálculos estatísticos, não são consideradas precisas pela Secretaria Municipal de Saúde.

A prefeitura aconselha que os bairros sejam agrupados como as regiões administrativas, de forma a verificar uma população superior a 100 mil habitantes. Caso não seja possível agregar as regiões, a comparação deve ser feita com base na série histórica de anos em que houve epidemia.

A doença reemergiu no município do Rio de Janeiro em 1986, a partir deste ano a doença se tornou endêmica apresentando anos epidêmicos. A média das taxas de incidência em anos não epidêmicos é de 27 casos a cada 100 mil habitantes, já a média dos anos epidêmicos é de 470 casos a cada 100 mil habitantes.

Além dos oito bairros citados acima, segundo dados da Secretaria Municipal de Saúde, outros 36 bairros da capital fluminense – indicados em laranja no mapa abaixo – estão com taxas de dengue intermediárias, ou seja, estão com nível de infestação de larvas e mosquitos do Aedes aegypti em nível perto do considerado epidemia ou surto.

São eles, Santa Cruz, Guaratiba, Recreio dos Bandeirantes, Inhoaíba, Paciência, Cosmos, Campo Grande, Barros Filho, Taquara, Deodoro, Praça Seca, Santíssimo, Itanhanga e Tanque (zona oeste), Realengo, Vila Valqueire, Estácio, Bangu, Jardim América, Marechal Hermes, Jacaré, Padre Miguel, Magalhães Bastos, Caju, Del Castilho, Ramos, Anchieta, Rio Comprido, e Campinho (zona norte), Cocotá , Moneró, Cidade Universitária (Ilha do Governador), Santo Cristo, Saúde, (região portuária), Cidade Nova (região central) e Rocinha (zona sul). (Fonte: Portal R7)

Email this page
Esta entrada foi escrita emClipping
  • forum
  • imprimir
  • word
  • pdf
  • rss
  • twitter
  • facebook
  • digg
  • myspace
  • stumbleupon
  • aim
  • blinklist
  • blogger
  • blogmarks
  • buzz
  • connotea
  • delicious
  • diigo
  • fark
  • friendfeed
  • furl
  • google
  • linkedin
  • live
  • livejournal
  • magnolia
  • mixx
  • netvibes
  • netvouz
  • newsvine
  • propeller
  • reddit
  • slashdot
  • technorati
  • yahoo
  • forum
  • imprimir
  • word
  • pdf
  • rss
  • orkut
Ambientebrasil - Notícias located at 511/67 Huynh Van Banh , Ho Chi Minh, VN . Reviewed by 43 customers rated: 4 / 5