Observatório europeu revela 16 novos exoplanetas similares à Terra

O Observatório Europeu do Sul anunciou nesta segunda-feira (12) a descoberta de 50 exoplanetas em estrelas próximas ao Sol, sendo 16 desses com massas parecidas com a da Terra. Os novos astros foram revelados durante um congresso científico internacional que reuniu 350 especialistas em Wyoming, nos Estados Unidos.

A equipe de astrônomos, coordenada por Michel Mayor – da Universidade de Genebra, na Suíça -, usou um espectrógrafo chamado Harps, instalado no telescópio do Observatório de La Silla, no Chile, para realizar o estudo.

Desde 2003, o projeto Harps já havia descoberto 150 planetas fora do Sistema Solar, sempre próximos a estrelas parecidas com o nosso Sol. Ao todo, o grupo estudou 376 estrelas e descobriu que em 40% delas existem planetas menores que Saturno em órbita.

A maior parte dos exoplanetas com massa que a de Netuno costumam se aglomerar com outros astros, formando pequenos sistemas planetários. Os 16 astros parecidos com a Terra possuem entre 1 até 10 vezes a massa do nosso planeta.

Possível Terra – Um dos astros – chamado HD 85512b – tem apenas 3,6 vezes a massa da Terra e gira ao redor de sua estrela a uma distância conhecida como zona habitável. Planetas nesta região, podem apresentar água em estado líquido e reunir condições para o desenvolvimento da vida como na Terra.

Atualmente, o número de exoplanetas conhecidos está em 600. A missão espacial Kepler, da agência espacial norte-americana (Nasa), encontrou 1,2 mil candidatos a exoplanetas, usando um método diferente: interferências mínimas na luz vinda da estrela quando o planeta passa entre ela e a sonda. (Fonte: G1)