Chuva deixa dois desaparecidos e causa estragos no Paraná

A chuva e os ventos intensos que atingem o Paraná desde quinta-feira (13) resultaram no desaparecimento de dois homens em Londrina e em muitos estragos em outras cidades.

Um dos desaparecimentos aconteceu na tarde de quinta, por volta das 18h. Um ciclista foi levado pela enxurrada no córrego da Vila Portuguesa. Uma mulher que passava de ônibus pelo local disse ter visto quando ele foi arrastado pelas águas. A bicicleta foi encontrada, mas o homem ainda não foi localizado.

Outro desaparecimento ocorreu na tarde deste sábado (15), na ponte do rio Ribeirão Quati. Um homem que conduzia uma caminhonete tentou passar pela ponte, que estava bloqueada, e caiu no rio. O carro foi encontrado, mas o homem permanece desaparecido. Os bombeiros continuam as buscas.

Cidades atingidas – Entre as cidades atingidas estão: Londrina, Santo Antônio da Platina, Andirá, Jataizinho, Siqueira Campos e Ibiporã.

Segundo Jaime Antonio de Souza – Major da Defesa Civil do Paraná– Londrina teve oito casas danificadas, duas quedas de árvores e o desabamento de duas fossas. “Em Andirá, três casas estão interditadas com risco de queda. Na cidade de Siqueira Campos, 64 pessoas foram afetadas e três pontes foram levadas pelas águas”, relata.

Ele também informou à Folha que 63 índios de uma reserva nas proximidades do Lago Igapó foram levados ao ginásio de esportes Moringão e serão atendidos por assistentes sociais do município.

Danos – As chuvas causaram muitos danos, como desabamentos, rachaduras, destelhamentos, quedas de árvores e pontes, alagamentos e falta de fornecimento de água e energia elétrica em muitos lugares. Ainda não é possível mensurar os estragos causados.

Previsão do tempo – De acordo com o major, o Instituto Meteorológico do Paraná informou que a partir de segunda-feira (17) até quinta (20) não deve chover na região e a temperatura deve oscilar entre 17ºC e 27ºC, podendo chegar a 28ºC. (Fonte: Fabrício Bini/Folha.com)