Libéria detecta novo caso suspeito de ebola sem relação com a Guiné

A Libéria detectou um novo caso suspeito de febre ebola que, ao contrário dos anteriores, não está vinculado à Guiné, país vizinho que sofre com uma epidemia de febre hemorrágica, informou o ministério da Saúde.

O possível caso detectado é o de um caçador da região de Nimba (leste), que morreu de febre hemorrágica, mas que ‘não esteve em contato com nenhuma pessoa suspeita de ser portadora do vírus ebola e que nunca foi à Guiné’, afirmou uma fonte do ministério, Bernice Dahn.

“É um caso isolado”, afirmou ainda, explicando que um total de 14 casos suspeitos foram registrados na Libéria, dois deles positivos para ebola.

Com exceção do caçador, todos os outros casos foram detectados na região de Lofa (norte). (Fonte: G1)