Índia admite que Nova Déli está tão poluída quanto Pequim

A autoridade indiana de controle da qualidade do ar admitiu nesta quinta-feira (8) que a poluição em Nova Déli é comparável à de Pequim, mas negou que seja a capital mais poluída do mundo.

Um estudo sobre 1.600 cidades de 91 países, publicado na quarta-feira pela Organização Mundial de Saúde (OMS) revelou que Nova Déli registra a concentração média anual de partículas finas PM 2,5 mais elevada das capitais mundiais, com 153 microgramas por metro cúbico.

Essas partículas extremamente finas, de menos de 2,5 micrômetros, podem entrar na corrente sanguínea e penetrar profundamente nos pulmões. Sua presença aumenta o risco de bronquite crônica, câncer de pulmão e doenças cardíacas.

No começo do ano, as autoridades indianas rechaçaram um estudo americano, segundo o qual a qualidade do ar de Nova Déli seria tão ruim quanto a de Pequim, onde a contaminação desencadeou uma conscientização de saúde pública que contrasta com a apatia indiana.

“Se compararmos as médias nacionais para 2011-2014, então, as duas cidades (Nova Déli e Pequim) são praticamente comparáveis”, admitiu Gufran Beig, encarregado do organismo público System of Air Quality Weather Forecasting and Research (SAFAR), em e-mail enviado à AFP.

Ele negou, no entanto, a medida de 153 microgramas de partículas poluentes por metro cúbico anunciada pela OMS para Nova Déli, e a estimou entre 110 e 120.

Segundo Beig, a taxa de Pequim – de 56 – está subestimada e deveria ser pelo menos o dobro, levando-se em conta números da embaixada americana na capital chinesa.

“A qualidade do ar em Nova Déli é melhor do que a de Pequim no verão e muito melhor durante as monções”, acrescentou, admitindo, porém, que “a contaminação no inverno em Nova Déli alcança picos bastante elevados em comparação com Pequim, devido ao tempo”.

Mesmo com uma taxa 110 e 120 microgramas de partículas poluentes por metro cúbico, Nova Déli estaria entre as cidades mais poluídas do mundo. Karachi, no Paquistão, tem uma taxa de 117, e as cidades indianas de Gwalior, Patna e Raipur alcançam 144, 149 e 134, respectivamente. Em comparação, Londres tem uma taxa média anual de 16. (Fonte: G1)