Joias raras achadas em Stonehenge foram feitas por crianças

Historiadores acreditam que alguns dos maiores tesouros da Idade do Bronze, encontrados perto de Stonehenge, no sul da Inglaterra, foram forjados por crianças que tinham pouco mais de 10 anos. As informações são do Daily Mail.

Segundo a publicação, os artefatos foram criados há cerca de 4 mil anos, muito antes da invenção da lupa. Sua confecção teria transformado os autores em adultos míopes, devido ao tamanho excessivamente pequeno dos detalhes das joias. Alguns pequenos detalhes tinham apenas um milímetro de comprimento e 0,2 milímetros de largura.

“Só crianças e adolescentes seriam capazes de criar tais objetos minúsculos”, disse Ronald Rabbetts, um optometrista que trabalhou nas investigações. De acordo com ele, nenhum adulto tem, naturalmente, uma visão tão boa.

No entanto, ainda segundo o especialista, por volta dos 20 anos, esses artesãos tornaram-se míopes, devido ao esforço feito para a criação dos tesouros, durante a infância. Os tesouros estão em exposição no Museu de Wiltshire, em Devizes. (Fonte: Terra)