Rio comemora Dia da Árvore com plantio de mudas de espécies da Mata Atlântica

Como parte das comemorações do Dia da Árvore, no próximo domingo (21), o secretário fluminense do Ambiente, Carlos Portinho, participou na sexta-feira (19) do plantio de mudas de espécies nativas da Mata Atlântica na Área de Proteção Ambiental do Barbosão, em Tanguá, região metropolitana do Rio de Janeiro. Na ocasião, ele salientou que o envolvimento das novas gerações, participando das atividades, é fundamental para a evolução da consciência ambiental.

O secretário também destacou a importância da preservação do Rio Caceribu para a Baía de Guanabara. “Uma das funções da mata ciliar é proteger da erosão o Rio Caceribu, que é a principal fonte do abastecimento de água para a população de Tanguá. Além de contribuir com o reflorestamento de Tanguá, nós já concluímos e entregamos para o município o seu Plano de Saneamento”, declarou Portinho.

O reflorestamento da mata ciliar do Rio Caceribu foi reforçado com o plantio de 28 mil mudas de espécies da Mata Atlântica. Tanguá recebeu da Secretaria do Meio Ambiente e do Instituto Estadual do Ambiente (Inea) mil sementes da palmeira juçara, uma espécie que está ameaçada de extinção. Segundo o secretário municipal de Defesa Civil, Major Anthony, a prefeitura vai receber outras 50 mil mudas da organização não governamental SOS Mata Atlântica.

José Fernando Soares, secretário de Meio Ambiente de Tanguá, destacou que o município também está investindo em ações de saneamento básico e na correta destinação dos resíduos sólidos. “Nós acabamos com o nosso lixão e estamos descartando nossos resíduos na Central de Tratamento de Resíduos de Itaboraí. Além disso, construímos uma estação de tratamento de esgoto com recursos da Fundação Nacional de Saúde”, concluiu Soares.

As atividades comemorativas pelo Dia da Árvore começaram na quinta-feira (18) e continuam até o próximo dia 25 com o plantio de mudas em áreas de proteção do Rio Tinguá, em Nova Iguaçu; nas margens do Canal Pavuna/Rio Pavuninha, em São João de Meriti; e em escolas de Duque de Caxias. Prosseguem com limpeza das margens de rio e coleta de óleo de cozinha, em Magé, e a participação de alunos em trilhas ecológicas, em Nova Iguaçu. (Fonte: Agência Brasil)