Rússia oferece ajuda aos EUA para abastecer a ISS após perda de foguete

A Rússia ofereceu ajuda aos Estados Unidos para o abastecimento da Estação Espacial Internacional (ISS), após a explosão de um foguete durante a decolagem. O veículo espacial da agência espacial americana, a Nasa, deveria transportar mantimentos.

“Se recebermos um pedido para reabastecer em caráter de urgência a ISS, responderemos a esta demanda”, afirmou o diretor da Agência Espacial Russa, Alexei Krasnov, em uma entrevista à agência estatal RIA Novosti. Mas Krasnov lembrou que a Nasa não solicitou a ajuda russa.

Um foguete não tripulado da companhia Orbital Science explodiu na terça-feira, seis segundos após o lançamento da missão no centro espacial de Wallops, na costa da Virgínia (leste dos Estados Unidos), quando partiria em missão de abastecimento.

A cápsula Cygnus transportaria uma carga de 2,2 toneladas até a ISS, para os seis astronautas que trabalham na estação.

A Rússia lançou o próprio foguete de reabastecimento na manhã desta quarta-feira, com 1,8 tonelada de mantimentos, a partir do centro de Baikonur, no Cazaquistão. Por isto, a perda do foguete americano teve um impacto “mínimo” no abastecimento do setor russo da ISS, explicou Krasnov.

O valor do foguete americano era de US$ 200 milhões, sem contar os custos com a queda. Este foi o primeiro acidente desde que a Nasa começou a recorrer ao setor privado para abastecer a ISS. (Fonte: G1)