Google se une à luta contra a pesca ilegal

A gigante americana da internet, Google, se somou à luta contra a pesca ilegal, ao lançar um novo instrumento de vigilância que permite identificar e seguir milhares de embarcações em tempo real.

Este aplicativo, desenvolvido com as ONGs SkyTruth e Oceana, foi apresentada nesta sexta-feira, em Sydney, Austrália, por ocasião do Congresso Mundial de Parques, celebrado a cada dez anos pela União Internacional para a Conservação da Natureza (UICN).

“A combinação da nuvem informática [armazenamento de dados em servidores remoto] e de megadados (n.r: ‘big data’) permite conceber novos instrumentos para visualizar, compreender e, se for o caso, inverter os fenômenos” observados, explicou Brian Sullivan, do programa Google Earth Outreach.

O aplicativo, que só torna aparentes os navios pesqueiros, usa o SIA (Sistema de Identificação Automática), que indica a posição dos barcos que navegam em todo o mundo. Seu protótipo pode integrar dados de 3.000 embarcações, de uma frota mundial de mais de 1,3 milhão de navios comerciais.

Segundo a Comissão Oceano Mundial, organismo independente, criado em fevereiro de 2013, a pesca ilegal representa cerca de um quinto da tonelagem mundial e custa US$ 23,5 bilhões ao ano. (Fonte: Terra)