Robô Philae transmite dados de perfuração de cometa e fica inativo

O robô Philae transmitiu durante a noite os dados da perfuração do cometa antes de entrar em modo inativo por falta de bateria, anunciou neste sábado (15) o cientista Jean-Pierre Bibring.

“Recebemos tudo. Tudo aconteceu exatamente como estava previsto. Conseguimos, inclusive, fazer a rotação para otimizar a recepção da luz nos painéis solares”, declarou Bibring em uma entrevista por telefone no centro de controle de Philae em Colonia, Alemanha.

“O Philae está em modo inativo. Todos os dados da primeira sequência científica foram baixados com êxito”, anunciou a Agência Espacial Europeia (ESA) no Twitter. Philae, que chegou na quarta-feira ao cometa 67P/Churyumov-Gerasimenko, está a mais de 510 milhões de quilômetros da Terra.

“Concluímos esta primeira fase fase absolutamente fabulosa. Temos muita vontade de continuar explorando”, declarou Bibring. “Percebemos que é muito diferente do que imaginávamos, é fantástico”, declarou, sem revelar detalhes.

Bibring está convencido de que a equipe é capaz de manter o Philae em operação até que os painéis solares possam ser recarregados de maneira suficiente. O fim da primeira sequência científica corresponde ao final previsto da duração da bateria do Philae.

Agora devem ser utilizadas as baterias solares, mas como o Philae pousou em uma zona escura deve ser mantido em modo repouso. “É muito importante que consiga sobreviver até que cheguem momentos melhores”, completou Bibring. (Fonte: G1)