Rainha da Inglaterra fica comovida com voluntários do Ebola

A abnegação dos trabalhadores humanitários e dos voluntários para ajudar as vítimas de conflitos ou de doenças, como vírus Ebola no oeste da África, comoveu a rainha da Inglaterra, afirmou Elizabeth II em sua tradicional mensagem de Natal.

“Me comoveu profundamente este ano a abnegação dos trabalhadores humanitários e dos voluntários médicos, que viajaram ao exterior para ajudar as vítimas de conflitos ou de doenças como o Ebola, tomando geralmente um grande risco pessoal”, declara a rainha na mensagem, que será exibida durante a tarde na TV, mas da qual um trecho foi divulgado.

O discurso de Natal da soberana, de 88 anos, gravado há alguns dias no Palácio de Buckingham Palace, é exibido no dia 25 de dezembro às 15H00 GMT (13H00 de Brasília) há 57 anos.

A mensagem, assistida por milhões de pessoas no Reino Unido e na Commonwealth, é uma das poucas da rainha que não precisa da aprovação do governo britânico.

Em 2013, Elizabeth II, que evita falar sobre a vida privada, mencionou a alegria com o nascimento do bisneto, o príncipe George. (Fonte: G1)