China confirma primeira morte por gripe aviária da temporada

As autoridades de saúde da província de Fujian, no sudeste da China, confirmaram na terça-feira (13) a primeira morte da temporada de um paciente infectado com a gripe aviária H7N9, ocorrida na cidade de Xianmen.

Segundo a agência oficial ‘Xinhua’, nessa província há outras quatro pessoas infectadas pela cepa H7N9 do vírus, das quais três estão em estado grave, enquanto o quarto paciente já se recuperou.

Na província vizinha de Cantão, as autoridades de saúde detectaram quatro novos casos de gripe aviária em humanos entre segunda e terça-feira, dos quais três pacientes também estão em estado grave.

As autoridades chinesas já advertiram no início do mês que a temporada de gripe estava entrando em sua fase de maior incidência.

Além disso, novas infecções com as variedades H5N2 e H5N8 foram detectadas nesta semana em fazendas do sul de Taiwan, o que elevou para 14 o número de focos detectados e para mais de 140 mil aves sacrificadas.

No ano passado, foram registrados na China os primeiros contágios no mundo em humanos de três variantes do vírus da gripe aviária: H7N9, H10N8 e H6N1.

A cepa H7N9 foi a mais mortal e a que mais infectou pessoas, com um total de 419 casos, dos quais um quinto resultou em óbito, de acordo com dados divulgados pela imprensa oficial. (Fonte: G1)