Conferência internacional sobre ebola reunirá 80 delegações em Bruxelas

A União Europeia e seus principais parceiros organizam em 3 de março uma conferência internacional de alto nível, dedicada à luta contra o ebola e às medidas de ajuda aos países afetados, informou nesta terça-feira (10) a Comissão Europeia.

Mais de 80 delegações africanas, europeias e de organizações e agências internacionais, assim como outros países que contribuem no combate ao ebola participarão da reunião, organizada em Bruxelas e copresidida pelos chefes de Estado dos países mais afetados pela epidemia – Guiné, Serra Leoa e Libéria -, assim como Togo, coordenador para o oeste da África.

O Fundo Monetário Internacional (FMI), que perdoou 100 milhões de dólares da dívida dos países africanos afetados pela epidemia, também participará ao lado do Banco Mundial, o setor privado e institutos de pesquisa.

Segundo o coordenador europeu de combate ao ebola, Christos Stylianides, o objetivo da conferência é, a longo prazo, fornecer ajuda aos países afetados. A curto prazo, busca “analisar a situação atual e coordenar as ações futuras para erradicar” o vírus.

Pelo menos 9 mil pessoas morreram vítimas da epidemia de ebola nos três países mais afetados, segundo cifras publicadas nesta sexta-feira, em Genebra, pela Organização Mundial da Saúde. (Fonte: G1)