Animais são resgatados de zoológico que pertence a deputado do México

Mais de uma centena de animais, entre eles ursos, búfalos, dromedários e tigres, foram resgatados de um zoológico em condições deploráveis que pertence a um deputado de Puebla, de acordo com a Procuradoria Federal de Proteção ao Meio Ambiente (Profepa).

O zoo “Club de los Animalitos”, localizado em Tehuacán, a 200 km da Cidade do México, “operava em uma construção inadequada para o manejo de um total de 240 exemplares de vida silvestre”.

Foram resgatados 101 animais por superlotação, falta de tratamento digno ou problemas na comprovação de sua procedência legal.

Denúncias – A operação aconteceu na última segunda-feira (23), depois que denúncias foram feitas às autoridades.

Os animais viviam em jaulas com espaço reduzido, amontoadas, o que permitia que as fezes de uns caíssem sobre os outros bichos.

Os exemplares de tigres, primatas, leões, ursos, antílopes, búfalos e aves não contavam com locais para dormir ou pisos adequados, “situações que provocam em alguns animais condutas violentas estereotipadas, lesões e brigas entre eles pela falta de espaço e compatibilidade”, explicou a Procuradoria.

Deputado é proprietário – O Club de los Animalitos é propriedade de Sergio Gómez, empresário e deputado em Puebla pelo conservador Partido Ação Nacional. Ele aparece acariciando seus animais nos cartazes publicitários do zoológico.

O legislador defendeu o local, afirmando que conseguiu realizar a reprodução bem-sucedida de várias espécies, principalmente felinos.

No entanto, vizinhos do local que vivem em um conjunto habitacional se queixam constantemente.

Segundo as autoridades, o estabelecimento não conta com medidas de segurança para o público visitante e para os próprios animais, já que eles estão ao alcance das mãos, e não tem uma equipe veterinária capacitada. (Fonte: G1)