Estado australiano de Queensland declara coala espécie vulnerável

O estado australiano de Queensland está se preparando para incluir o coala na lista de espécies vulneráveis – vítima da urbanização, do trânsito e de ataques de cães em todo o território.

O coala já estava na lista de espécies vulneráveis do sudeste do estado, mas as autoridades locais decidiram estendê-lo a todo o território.

“Todo mundo ama os coalas e deseja fazer todo o possível para protegê-los, agora e para sempre”, argumentou neste domingo a primeira-ministra do Estado, Annastacia Palaszczuk.

Quando os primeiros colonos britânicos chegaram em 1788 na Austrália, havia mais de dez milhões de coalas. Como vivem no cimo das árvores, é difícil saber ao certo quantos restam, mas um estudo de 2011 estimou uma população de entre 45.000 e 100.000 indivíduos.

Além da destruição de seu habitat e dos predadores naturais, os coalas têm sido dizimados por infecções de clamídia, um vírus sexualmente transmissível suscetível de causar cegueira e esterilidade.

Os coalas aparecem desde 2002 na lista de espécies vulneráveis pelo governo federal em algumas partes dos estados de Nova Gales do Sul, Queensland e da capital, Canberra. (Fonte: Terra)

Esta entrada foi escrita emClipping e tags ,