Polícia Ambiental multa pescadores por uso de redes no Rio Tietê

A Polícia Militar Ambiental registrou várias ocorrências de crime ambientais neste final de semana. Na primeira delas, dois pescadores foram multados pela Polícia Militar Ambiental em Mineiros do Tietê durante fiscalização no sábado (27). Segundo os policiais, eles estavam usando redes para pescar no Rio Tietê, o que não é permitido. O barco, o motor e as redes foram apreendidos e cada um foi autuado em R$738,80.

Já em Reginópolis, um veterinário foi detido após fazer disparos com arma de fogo. Com ele, a Polícia Militar Ambiental encontrou um revólver calibre 38, uma carabina com luneta, um rifle calibre 22, uma espingarda e 173 munições de diversas calibragens. Ele foi ouvido na delegacia, liberado e o material apreendido.

Ocorrência ambiental também em Agudos. Um pedreiro de 26 anos foi surpreendido com uma pistola de pressão e foi multado em R$500 por estar caçando. Ele foi levado para a delegacia, ouvido e liberado.

E ainda na região, em Bauru, três aves silvestres foram encontradas durante uma ação conjunta com a Polícia Militar Rodoviária.

Elas estavam sendo transportadas por um vendedor de 31 anos sem autorização do órgão ambiental. Ele foi multado em R$1,5 mil pela ambiental e autuado pela rodoviária por estar com o licenciamento do carro vencido. O vendedor foi levado para a Central de Polícia Judiciária, ouvido e liberado. (Fonte: G1)

Esta entrada foi escrita emClipping e tags , ,