Vulcões submarinos são encontrados no litoral da Austrália

Quatro vulcões extintos descobertos em frente à costa de Sdyney permitirão compreender melhor a separação da Nova Zelândia da plataforma continental australiana há milhões de anos, indicou nesta segunda-feira (13) um grupo de cientistas.

Os quatro vulcões, descobertos em maio, estão situados em alto mar a 250 km de Sydney, a maior cidade da Austrália. Eles ficam em uma zona de 20 km e constituem uma espécie de “janela no porão” do fundo do mar, segundo Richard Arculus, vulcanologista da Universidade Nacional da Austrália.

“Nos conta algo da história da separação, ocorrida de 40 a 80 milhões de anos atrás, de Nova Zelândia e Austrália”, acrescentou. “Vão ajudar os cientistas em suas futuras explorações e investigações sobre os segredos da crosta terrestre”, disse.

Os vulcões se encontram a 4.900 metros de profundidade. Um deles tem uma cratera de 1.500 metros de diâmetro e se eleva a 700 metros.

A descoberta foi feita pelo navio Investigator, uma embarcação científica australiana que é equipada com um sonar para cartografar o fundo do mar. (Fonte: G1)

Esta entrada foi escrita emClipping e tags , ,