Fertilização in vitro pode ser ‘única esperança’ do rinoceronte branco

Um dos quatro rinocerontes brancos que restavam no mundo morreu no zoológico de San Diego, nos Estados Unidos.

A fêmea Nola tinha 41 anos. Sua saúde piorou depois de uma cirurgia, e ela foi sacrificada no domingo.

A espécie foi devastada por caçadores em busca de seus chifres, e ela foi declarada extinta na natureza em 2008.

Os únicos três rinocerontes brancos que restam são idosos e estão sob proteção em uma reserva no Quênia, na África.

Em entrevista à BBC, o diretor da reserva, Richard Vigne, disse que o futuro da espécie depende de técnicas de fertilização in vitro. (Fonte: G1)