Australianos protestam a favor do acordo do clima em Melbourne

Milhares de pessoas se manifestaram nesta sexta-feira (27) na cidade australiana de Melbourne para exigir dos líderes do mundo uma ação decisiva contra a mudança climática, a dois dias do início da decisiva conferência da COP21 de Paris.

Os organizadores afirmaram estar surpreendidos com a afluência do público ao ato, um dos dois mil previstos nos cinco continentes neste fim de semana para pressionar os líderes que estarão segunda-feira na capital francesa para participar nas negociações.

“Temos aqui pessoas dos perfis mais diversos, que vieram para participar nesse momento”, afirmou Victoria McKenzie-McHarg, da Fundação Australiana para a Conservação.

“Nosso futuro depende da redução da poluição e da criação de um futuro limpo e justo para todos”, afirmou ante uma multidão que atingiu as 40.000 pessoas, segundo contagem da polícia citada pela cadeia Broadcasting Corporation.

A marcha pelo centro de Melbourne foi encabeçada por aborígenes e nela participaram crianças, fazendeiros, grupos religiosos e políticos.

As marchas estão previstas para o fim de semana em várias cidades do mundo, e a principal manifestação seria em Paris, no domingo, mas foi cancelada em função dos atentados jihadistas do dia 13.

No entanto, os ativistas planejam formar uma cadeia humana de 2 km e talvez romper as barreiras de segurança e passar diante da casa de espetáculos Bataclan, onde o atentado deixou 90 mortos. (Fonte: G1)