Chuva atinge SP e regiões entram em alerta após córregos transbordarem

A chuva forte que atingiu a cidade de São Paulo na tarde e início da noite desta sexta-feira (1º) causou o extravasamento de quatro córregos: o Córrego Aricanduva, na Zona Leste, Córrego Ribeirão Vermelho, em Pirituba, o Córrego Perus, em Perus, perto da saída do km 14 da Rodovia Anhanguera, e o Córrego do Lajeado, no Itaim Paulista.

O Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE) colocou essas regiões em alerta para enchentes. Pirituba deixou o alerta às 19h43 e o Itaim Paulista por volta das 21h.

Desde às 15h50, os bairros de Itaquera, Guaianases e Cidade Tiradentes também eram monitorados e estavam em estado de atenção para alagamentos. O restante da cidade entrou em atenção às 17h50, de acordo com o CGE. Às 21h, toda essas regiões tinham voltado ao estado de observação.

O Corpo de Bombeiros foi acionado para quatro chamados de enchentes no Jardim Iguatemi, na Zona Leste. Segundo a assessoria de imprensa da corporação, os moradores relataram que estavam ilhados em casa. Alguns moradores usaram botes e caiaques para ajudar as famílias das áreas atingidas. Às 18h, a chuva havia parado.

Por volta das 21h, equipes dos bombeiros procuravam uma pessoa que caiu em um córrego que fica na região da Avenida Marechal Tito, na Zona Leste.

Na Grande São Paulo, a cidade de Osasco registrou alagamentos em várias avenidas e ruas no Jardim Rochedale. Carros ficaram encobertos pela água. O CGE informou que, durante a noite desta sexta-feira, novas áreas de instabilidade devem atingir a cidade de São Paulo.

Protesto – Após a enchente no Jardim Iguatemi, um ônibus foi apedrejado na Avenida Ragueb Chohfi. Segundo informações passadas pela Polícia Militar à GloboNews, existe a suspeita de que o ataque tenha sido um protesto de moradores do bairro por causa do alagamento. Outras possibilidades são vandalismo ou manifestação contra o aumento das passagens.

O GloboCop flagrou o momento em que um grupo joga pedras contra o coletivo. Ainda segundo a GloboNews, homens com rostos cobertos pararam o ônibus e obrigaram o motorista a parar em frente a um posto de combustíveis. Até as 18h15, não havia informações sobre feridos.

Uma equipe da PM foi acionada e bloqueou a avenida para tentar impedir outros ataques e que pneus fossem queimados próximo ao posto de combustíveis. Segundo a assessoria de imprensa da Polícia Militar, houve confronto com manifestantes. (Fonte: G1)

Esta entrada foi escrita emClipping e tags
Ambientebrasil - Notícias located at 511/67 Huynh Van Banh , Ho Chi Minh, VN . Reviewed by 43 customers rated: 4 / 5