No AC, nº de casos suspeitos de febre chikungunya sobe de 7 para 40

Os casos suspeitos de febre chikungunya no Acre chegam a 40. É o que aponta o terceiro boletim epidemiológico divulgado nesta quinta-feira (31) pela Secretaria de Saúde. Até então, o estado registrava apenas sete casos em suspeição da doença.

O documento atualiza os números e informações dos casos de dengue, zika e chikungunya de janeiro a 30 de dezembro deste ano.

Segundo o boletim, dos 13.870 casos suspeitos de dengue registrados este ano, foram confirmados 7.509 casos.

Em comparação com o mesmo período de 2014, entretanto, houve uma redução de 62% nas notificações e 72% nos casos confirmados.

Chikungunya – De acordo com o boletim, foram notificados 40 casos suspeitos de febre chikungunya, sendo 25 notificações do município de Rio Branco, 12 em Xapuri e 03 no município de Cruzeiro do Sul.

Ainda segundo o boletim, quatro notificações do município de Rio Branco já foram descartadas pelo laboratório referência instituto Evandro chagas (IEC) e 36 estão sobre investigação.

Zika Vírus – O número de casos suspeitos de Zika vírus no Acre também aumentou em uma semana. Segundo o boletim, o número subiu de 35 para 38 casos suspeitos, dos quais três são em recém-nascidos com microcefalia, três puérperas – mulheres que deram à luz até 45 dias.

De acordo com o boletim, três casos suspeitos de zika foram registrados na Maternidade Bárbara Heliodora, que são três grávidas, uma no 3º trimestre de gestação e duas no 2º trimestre de gestação. (Fonte: G1)

Esta entrada foi escrita emClipping e tags , ,
Ambientebrasil - Notícias located at 511/67 Huynh Van Banh , Ho Chi Minh, VN . Reviewed by 43 customers rated: 4 / 5