Índia revoga proibição de espetáculos com touros, apesar de polêmica

O governo da Índia revogou a proibição dos espetáculos com touros através de uma ordem questionada por ativistas de defesa animal, que consideram que transgride a proibição ditada pela Corte Suprema, e a poucos dias do início de um festival de ampla tradição no país.

Em uma notificação publicada na sexta-feira (8), o Executivo indiano suspende a proibição estabelecida pelo Ministério do Meio Ambiente em 2011 e volta a autorizar o uso destes animais em espetáculos “praticados tradicionalmente (…) ou como parte da cultura”.

A ordem cita expressamente o “Jallikattu” em Tamil Nadu, uma espécie de rodeio que é bastante popular neste estado e que começa na próxima semana.

A notificação estabelece uma série de condições para evitar “um sofrimento desnecessário” aos touros, em concordância com a Lei de Prevenção de Crueldade com os Animais, que data de 1960, e com a decisão do Supremo em 2014 sobre este tipo de espetáculo.

A decisão do Executivo de Narendra Modi foi rapidamente aplaudida por políticos como a chefe do governo de Tamil Nadu, Jayalalithaa Jayaram, e criticada por organizações de defesa dos animais como a Peta, que advertiu que a Corte Suprema tinha proibido este tipo de festa.

A Peta, em comunicado, perguntou como o partido BJP (governo) protege por lei as vacas, animal sagrado do hinduísmo, enquanto permite agora espetáculos com touros.

“Cidades de Equador, Venezuela, França, Portugal e Colômbia se declararam contra a tourada, e Catalunha, na Espanha, a proibiu”, comentou a Peta.

Na rede social Twitter no país asiático foram muitas as mensagens a favor e contra, usando a hashtag “#jallikattu”.

O touro foi incluído em 2011 junto com o urso, o macaco, o tigre, a pantera e o leão entre os animais proibidos de serem “exibidos ou treinados para espetáculos”, em uma decisão avalizada três anos depois pelo Supremo. (Fonte: G1)

Esta entrada foi escrita emClipping e tags ,
Ambientebrasil - Notícias located at 511/67 Huynh Van Banh , Ho Chi Minh, VN . Reviewed by 43 customers rated: 4 / 5