Chuva atinge 18 mil pessoas e causa prejuízos em 45 cidades do Paraná

A chuva que atingiu o Paraná entre sábado (9) e terça-feira (12) causou prejuízos para 18.465 pessoas em 45 municípios, segundo um boletim divulgado pela Defesa Civil Estadual às 10h desta quinta-feira (14). A maior parte das ocorrências foi em virtude das enxurradas, alagamentos e deslizamentos de terra, de acordo com o boletim. O município mais atingido foi Jataizinho, na região norte, com 6.151 moradores afetados.

O levantamento mostra que 1.622 pessoas ainda estão desalojadas e 68 permanecem desabrigadas. Cinco pessoas ficaram feridas e uma está desaparecida desde segunda-feira (11). Não há registro de mortos.

Os municípios que ficam na região norte do estado foram os mais atingidos. Além de Jataizinho, Rolândia, Londrina, Atalaia, Mandaguaçu e Marilândia do Sul são as cidades com maiores problemas.

Neste boletim, o número de pessoas desalojadas em Jataizinho diminuiu. Na quarta-feira (13), 350 estavam desalojadas e 50 desabrigadas. Nsta quinta-feira, 150 ainda permanecem desalojadas e uma está desabrigada.

Em Rolândia, 1.238 pessoas foram prejudicadas com a chuva. Destas 1.000 estão desalojadas e 36 desabrigadas. Ainda há o registro de 50 casas danificadas e 15 imóveis destruídos devido a enxurradas. O Corpo de Bombeiros também procura um motorista de uma empresa de couro que está desaparecido desde a noite de segunda-feira (11). Ele sumiu depois de ser levado por uma enxurrada enquanto dirigia um ônibus.

Falta de água – Cerca de 350 mil moradores de Maringá, também no norte, o que equivale a 85% da população do município, continuam sem água nesta quinta-feira. De acordo com a Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar), a estação de captação de água foi inundada após o nível do Rio Pirapó subir oito metros. Para amenizar o problema, a prefeitura disponibilizou 18 poços artesianos com água imprópria para consumo.

Além disso, o município também notificou Sanepar na quarta-feira para que informe, em 24 horas, quais medidas estão sendo tomadas para normalizar o abastecimento de água na cidade.

Situação de emergência – Londrina e Apucarana decretaram situação de emergência por causa das chuvas. Em Londrina, a coleta seletiva de lixo orgânico ficou suspensa entre terça e quarta-feira, pois o acesso a Central de Resíduos ficou interditado após uma ponte alagar. A coleta foi restabelecida às 18h da quarta-feira. O abastecimento de água também foi comprometido, mas o serviço começa a ser restabelecido na cidade.

Em Apucarana, a prefeitura estima um prejuízo de R$10 milhões. Conforme o decreto, houve prejuízos com asfalto e com o rompimento de uma adutora de água que abastece o município. A Defesa Civil municipal tem até 21 de janeiro para entregar o relatório de estragos.

Vários trechos de rodovias estaduais e federais que cortam o Paraná continuam interditados. Na terça-feira (12), o governador Beto Richa (PSDB) determinou prioridade na elaboração de um plano para os reparos nas estradas estaduais. De acordo com o Departamento Estradas de Rodagem (DER), os prejuízos já passam de R$ 50 milhões. (Fonte: G1)

Esta entrada foi escrita emClipping e tags
Ambientebrasil - Notícias located at 511/67 Huynh Van Banh , Ho Chi Minh, VN . Reviewed by 43 customers rated: 4 / 5