Museu em Nova York exibe esqueleto de dinossauro com 37 metros

Um novo esqueleto de dinossauro com 37 metros de comprimento entrou em exposição nesta sexta-feira (15) no Museu Americano de História Natural, em Nova York. Apelidado de titanossauro, o espécime não coube nem no maior salão do museu e teve de esticar o pescoço para dentro do hall de elevadores do prédio.

Pertencente ao grupo dos titanossauros, o animal foi descoberto em 2014 e sua espécie não tem nome formal ainda. Com 6 metros de altura, o fóssil reconstituído mal cabe sob o teto do cômodo onde se encontra.

O dinossauro era um gigante de 70 toneladas – equivalente a dez elefantes – que viveu na Patagônia argentina há cerca de 100 milhões de anos. É um dos maiores animais terrestres que já habitaram o planeta.

“Fósseis de titanossauros foram encontrados em todos os continentes, com uma abundância de descobertas em anos recentes que nos ajudam a apreciar a grande diversidade desse grupo”, afirmou um dos chefes do museu, Michael Novacek.

Segundo especialistas, a coisa mais ameaçadora que esse animal herbívoro poderia fazer com mamíferos como humanos era pisoteá-los.

O esqueleto em exposição foi moldado a partir de partes do fóssil achado na Argentina. Cinco dos ossos originais do fóssil, incluindo um fêmur, também estão em exposição. (Fonte: G1)

Esta entrada foi escrita emClipping e tags
Ambientebrasil - Notícias located at 511/67 Huynh Van Banh , Ho Chi Minh, VN . Reviewed by 43 customers rated: 4 / 5