Nepal inicia formalmente processo de reconstrução após terremoto

O governo do Nepal deu por iniciado neste sábado o processo de reconstrução do país após o terremoto que em abril do ano passado deixou quase 9 mil mortos com um ato formal em que foi colocada a primeira pedra da obra de recuperação do histórico Rani Pokhari.

Quase nove meses depois e na mesma hora em que em 25 de abril um terremoto de 7,5 pontos na escala Richter sacudiu o país, a presidente Bidhya Devi Bhandari, colocou no sábado (16) a pedra fundamental das obras de reconstrução do histórico lago situado no coração de Katmandu.

O primeiro-ministro do país, Sharma Oli, presente no ato junto com os outros membros do governo, destacou que a tarefa de reconstrução requer agora apoio nacional e internacional para que tenha sucesso.

“Isto não é só uma campanha do governo. Precisamos do apoio de todos os setores da sociedade, de todos os atores e da comunidade internacional”, indicou Oli, ao lembrar que inclusive farão falta recursos humanos para todas as tarefas de reconstrução.

Apesar do início protocolar das tarefas de reconstrução, a recuperação dos imóveis particulares só começará a partir de 24 de abril, segundo a Autoridade para a Reconstrução Nacional (NRA) que lidera este processo, organismo que ficou paralisado até 25 de dezembro pela falta de consenso político para colocá-lo para funcionar.

O chefe do NRA, Sushil Gyawali, indicou que esse órgão, que tem como missão trabalhar na reconstrução de 31 distritos destruídos pelo terremoto, estabelecerá escritórios regionais em cinco deles e construirá edifícios para abrigar os sobreviventes que ficaram sem lar.

“Queremos que o processo de reconstrução termine o mais rápido possível. No entanto, faltando recursos, a autoridade talvez não possa terminar a reconstrução das casas particulares antes da chegada da próxima monção”, no meio do ano, indicou Gyawali.

O ex-primeiro-ministro e líder opositor, Sushil Koirala, afirmou também que executar a tarefa de reconstrução com transparência e responsabilidade é a chave para que o Executivo tenha o apoio necessários dos atores nacionais e internacionais.

O governo de Koirala, que deixou o cargo em outubro, formou a NRA imediatamente depois do terremoto, mas pouco tempo o òrgão foi dissolvido por falta de apoio parlamentar.

Finalmente, em 25 de dezembro, o parlamento chegou a um acordo para que Gyawali assumisse o NRA.

O terremoto de abril e suas réplicas deixaram nove mil mortos e mais de 20 mil feridos, quase um milhão de edifícios danificados ou destruídos e um panorama econômico desolador para o país.

Segundo o governo, Nepal precisa de US$ 6,6 bilhões para a reconstrução. Alguns países e organismos multilaterais já se comprometeram a contribuir com US$ 4,4 bilhões. (Fonte: UOL)

Esta entrada foi escrita emClipping e tags
Ambientebrasil - Notícias located at 511/67 Huynh Van Banh , Ho Chi Minh, VN . Reviewed by 43 customers rated: 4 / 5