Gripe suína H1N1 mata 21 pessoas no Cáucaso em dois meses

A gripe de tipo H1N1, de origem suína, matou 18 pessoas na Armênia e 3 na Geórgia, na região do Cáucaso, afirmaram na quinta-feira (21) autoridades sanitárias dos dois países.

Segundo o ministério da saúde armênio, as mortes são preocupantes, mas ainda não configuram uma situação de epidemia.

O número de mortes no dia 13 de janeiro era de 10 pessoas, e desde então o governo vem afirmando que não havia risco de um surto maciço.

A Geórgia notificou suas três primeiras mortes pelo H5N1 nesta quinta-feira (21). As infecções foram confirmadas por testes laboratoriais, afirmou Amiran Gamkrelidze, chefe de vigilância epidemiológica do país.

Segundo ele, as três vítimas foram homens moradores do oeste do país. Médicos dos dois países afirmam que os pacientes que morreram estavam em estados avançados de complicações da doença quando procuraram ajuda médica. (Fonte: G1)

Esta entrada foi escrita emClipping e tags ,
Ambientebrasil - Notícias located at 511/67 Huynh Van Banh , Ho Chi Minh, VN . Reviewed by 43 customers rated: 4 / 5