Rússia expressa preocupação com lançamento de satélite norte-coreano

A Rússia se mostrou “profundamente preocupada” nesta quarta-feira com o anúncio de que a Coreia do Norte lançará em breve um satélite de longo alcance, o que poderia encobrir um teste de mísseis.

“O anúncio sobre o futuro lançamento de um foguete portador na Coreia do Norte causa uma profunda inquietação”, informou a Chancelaria russa.

O governo russo denunciou que “ao se decidir por uma nova violação das exigências do Conselho de Segurança da ONU, a parte norte-coreana demonstra menosprezo pelas normas universalmente aceitadas do direito internacional”.

“Insistimos que Pyongyang pense duas vezes a que ponto leva o aberto antagonismo da Coreia do Norte com a comunidade internacional e avalie de maneira realista o custo destes passos míopes”, destacou.

A Coreia do Norte notificou na terça-feira à Organização Internacional da Aviação Civil (ICAO, sigla em inglês), à Organização Marítima Internacional (OMI) e à União Internacional de Telecomunicações (UIT) a intenção de lançar, entre os dias 8 e 25 de fevereiro, um satélite de observação aérea.

Tanto os Estados Unidos como Coreia do Sul e Japão destacaram que o lançamento violaria as resoluções da ONU e ameaçaram com mais sanções, da mesma forma que a China, histórico aliado de Pyongyang, embora de forma mais moderada.

O último lançamento desse tipo ocorreu em dezembro de 2012, quando a Coreia do Norte colocou em órbita com sucesso seu foguete de longo alcance Unha-3 (Galáxia-3) o satélite de observação terrestre Kwangmyongsong-3 (Estrela Brilhante-3) após uma primeira tentativa fracassada oito meses antes. (Fonte: Terra)

Esta entrada foi escrita emClipping e tags ,
Ambientebrasil - Notícias located at 511/67 Huynh Van Banh , Ho Chi Minh, VN . Reviewed by 43 customers rated: 4 / 5