Chuva deixa o Rio em estágio de atenção pelo quarto dia seguido

Pelo quarto dia seguido, o município do Rio entrou em estágio de atenção por causa da chuva. Sirenes de alerta foram acionadas em seis comunidades da Zona Sul cerca de uma hora após início da chuva na noite desta segunda-feira (22).

A Defesa Civil acionou os alertas nas comunidades Santa Marta, Fallet, Chapéu Mangueira/Babilônia, Pereirão (Laranjeiras), Fazenda Catete e Guararapes. As sirenes são acionadas quando o volume de chuva deixa a encosta vulnerável a deslizamentos. No Morro Santa Marta, após as sirenes, uma gravação orientava os moradores a buscar abrigo em local seguro.

Várias ruas da cidade ficaram tomadas pela enxurrada, sobretudo em Botafogo. Segundo o Centro de Operações, o bairro tinha bolsões d’água nas ruas São Clemente; Real Grandeza, Voluntários da Pátria e General Polidoro. Também houve acúmulo de água no acesso ao Viaduto Santiago Dantas.

Além disso, quedas de árvores também prejudicaram o tráfego. Uma das ocorrências foi registrada na Rua das Laranjeiras, na Zona Sul.

De acordo com o Centro de Operações, a mudança de estágio ocorreu às 19H30 desta segunda-feira (22). Os ventos chegaram a quase 60 km/h.

No fim da tarde, o Centro de Operações já alertava para a possibilidade de chuva forte, acompanhada de rajadas de vento e raios. Os primeiros registros, segundo o Alerta Rio, foram na Urca, na Zona Sul, e em Santa Cruz, na Zona Oeste.

Até as 20h, os maiores volumes de chuva haviam sido registrados na Urca (33mm) e em Santa Teresa (25,6).

Após a cidade entrar em estágio de atenção, os aeroportos continuavam operando normalmente para pousos e decolagens, sendo que o Aeroporto Santos Dumont realizava suas operações com o auxílio de instrumentos.

O dia foi de calor intenso na cidade. A temperatura máxima chegou a 37,1°C. A maior sensação térmica foi de 44,2°C, registrada na Zona Oeste.

Recomendações – O Estágio de Atenção é o segundo nível em uma escala de três e é caracterizado pela possibilidade de chuva forte. A prefeitura do Rio recomenda que, neste estágio, a população procure se abrigar em um local seguro, evite áreas sujeitas a alagamentos e/ou deslizamentos e redobre a atenção ao dirigir.

Em caso de ventania e raios, é aconselhável evitar a proximidade com árvores ou áreas descampadas. Moradores de áreas de risco precisam ficar atentos aos alertas sonoros, já que o acionamento das sirenes indica perigo de deslizamento.

Em caso de emergência, a população deve acionar a Defesa Civil, por meio do telefone 199. (Fonte: G1)

Esta entrada foi escrita emClipping e tags
Ambientebrasil - Notícias located at 511/67 Huynh Van Banh , Ho Chi Minh, VN . Reviewed by 43 customers rated: 4 / 5