Colecionador de Ribeirão Bonito/SP acumula mais de 20 mil orquídeas

Um aposentado de Ribeirão Bonito (SP) apaixonado por orquídeas montou uma coleção com mais de 20 mil exemplares das plantas, algumas avaliadas em até R$ 10 mil. A prática, iniciada há mais de 40 anos por hobby, já rendeu prêmios em exposições e deu um novo sentido à vida do orquidófilo. “É uma terapia, você esquece do mundo, é muito gostoso”, garantiu Domingo Elias.

A “paixão” surgiu ainda na infância, como uma espécie de herança. “Minha mãe sempre gostou de plantas, era apaixonada. Depois, eu me casei com uma pessoa que tinha facilidade para comprar orquídeas e então começamos a lotar a casa de flores”, disse. “A orquídea te encanta, você fica apaixonado ao ver, quando fica mexendo, plantando, adubando”.

Elias não é botânico, mas conhece o nome de todas as suas orquídeas e tem paciência de sobra para cuidar delas. “Uma orquídea demora de cinco a sete anos para dar flor como uma cattleya. Já as plantas pequenas em um ou dois anos já dão flores”, ensinou.

São 800 espécies e, no meio de tantas, existe uma em especial: a cattleya branca. Ela é considerada uma relíquia e está avaliada em R$ 10 mil, mas o preço não interessa para Elias. Ele não vende os vasos, seus companheiros e fonte de emoção. “[O que mais me emociona é] A forma, com as cores respectivas de espécies mais difíceis de serem encontradas, que são o azul, o branco. Essas orquídeas têm uma atenção muito especial, quem conhece um pouco de orquídea se apaixona”.

Dicas – O colecionador deu dicas para quem quer seguir seu caminho e lembrou dos cuidados necessários com iluminação e irrigação. “Até as 10h pode tomar sol e depois das 16h também, em outro período de jeito nenhum. Na irrigação, coloque o dedo no vaso. Se estiver úmido, não molhe; se estiver seco, pode molhar. A água é o que mais mata orquídea no mundo”. (Fonte: G1)

Esta entrada foi escrita emClipping e tags
Ambientebrasil - Notícias located at 511/67 Huynh Van Banh , Ho Chi Minh, VN . Reviewed by 43 customers rated: 4 / 5