Rio Grande do Sul confirma dois casos de vírus Zika contraídos no estado

Cinco novos casos de vírus Zika foram confirmados na sexta-feira (18) no Rio Grande do Sul pela Secretaria Estadual de Saúde. Destes, dois são autóctones, ou seja, foram contraídos dentro do território gaúcho. Os três outros pacientes tiveram contato com o vírus fora do estado. O anúncio foi feito na reunião semanal do Comitê de Enfrentamento ao Aedes aegypti.

Segundo o secretário, João Gabbardo dos Reis, um dos casos autóctones é de uma mulher que está nos primeiros meses de gravidez. Ela contraiu o vírus em Frederico Westphalen, município do norte gaúcho, onde mora. A partir de agora, a gestante fará exames com mais frequência do que o normal. Caso haja alteração no desenvolvimento do sistema nervoso do bebê, a gestante vai ser incluída no protocolo para gestação de alto risco.

O segundo caso contraído dentro do estado é o de uma jovem de 18 anos, que mora em Santa Maria, na região central do estado. Ela contraiu a doença em visita a um familiar no município de Santo Ângelo, no noroeste gaúcho. Esse familiar teve contato com o vírus em uma viagem ao Mato Grosso. Segundo a Secretaria de Estado de Saúde, a transmissão do familiar para a jovem aconteceu através de um mosquito nativo do RS e, por isso, o caso é considerado autóctone.

A pessoa de Santo Ângelo que contraiu o vírus Zika no Mato Grosso é um dos três casos importados que foram confirmados hoje. Os outros dois foram registrados em Porto Alegre e em Teutônia, na região central do RS.

Com o anúncio, o número de casos confirmados de vírus Zika no Rio Grande do Sul passou para seis. Até o momento, foram notificados 191 casos suspeitos da doença. (Fonte: Agência Brasil)

Esta entrada foi escrita emClipping e tags
Ambientebrasil - Notícias located at 511/67 Huynh Van Banh , Ho Chi Minh, VN . Reviewed by 43 customers rated: 4 / 5