Artista quer enviar mensagem interestelar para unir os habitantes da Terra

Enviar mensagens ao espaço não é novo; por exemplo, em 1977, a Nasa mandou nas duas sondas espaciais Voyager discos com imagens e sons de nosso planeta, e agora um artista quer repetir o feito com uma mensagem digital, global e participativa, porque quase 40 anos depois o mundo não é mais o mesmo.

No projeto de 1977 esteve envolvido um pequeno grupo de especialistas, entre eles o famoso astrofísico americano e divulgador científico Carl Sagan (1934-1996) e Jon Lomberg, um artista e divulgador que agora está empenhado em repetir o feito, mas em grande estilo.

Seu projeto chama-se “One Earth Message” (Uma mensagem da Terra) e seu objetivo é criar uma nova mensagem digital interestelar representado a Terra elaborada por seus habitantes, que “subirá a bordo” da sonda espacial New Horizons da Nasa que se encontra além de Plutão, explica à Agência Efe Lomberg.

O objetivo de Lomberg é que em três anos pessoas de todo o mundo possam começar a mandar suas ideias – imagens, sons ou qualquer outro material – e que em 2019 o grande mosaico seja enviado.

A comunicação final será resultado de uma eleição por votação popular e ocupará 150 megabytes (em 2019 a New Horizons terá lugar para carregar novos dados), detalha este divulgador.

“É uma oportunidade única para que as pessoas do planeta possam colaborar na elaboração de uma mensagem interestelar”, afirma Lomberg, que acrescenta que este projeto tem dois alvos.

Um, os extraterrestres, que não se sabe se estão, estarão e vão descobrir, e outro as pessoas na Terra, que terão acesso a todas as informações recopiladas em um site e a uma mensagem final.

É que, assegura Lomberg, um dos principais objetivos deste projeto é pôr em contato milhares de pessoas de todo o mundo (inclusive de tribos isoladas, às quais será facilitada a transmissão de suas mensagens).

“A Terra tem muitos problemas e qualquer iniciativa que junte as pessoas é muito importante”.

“O mundo não é o mesmo, é hora que lançarmos uma nova mensagem sobre o estado do planeta”.

Ainda é cedo, mas nesta comunicação global haverá espaço para a música. Neste sentido, Lomberg pretende convocar músicos reconhecidos mundialmente -como Paul McCartney- para que encham este espaço com canções ou partes de canções que desejem ou com uma composição nova.

Quando na década de 70 a Nasa mandou imagens e sons nas sondas espaciais Voyager, não enviou nada negativo.

Isto, de acordo com Lomberg, tem que ser diferente desta vez: não se pode falar do mundo sem falar de seus problemas e falando deles, talvez, encontremos algumas soluções; “é um grande desafio”.

Lomberg lembra que é pintor e quando um artista pinta um autorretrato “aprende muito”. Isto é o que acontecerá com este projeto, com o qual será feito um autorretrato da Terra.

“Será muito interessante para sociólogos e artistas”, afirma este divulgador. (Fonte: Terra)

Esta entrada foi escrita emClipping e tags
Ambientebrasil - Notícias located at 511/67 Huynh Van Banh , Ho Chi Minh, VN . Reviewed by 43 customers rated: 4 / 5